BJ-LowRes-445-758x505

Casamento na praia: verão ou inverno? Como escolher?

Para alguns casais, marcar a data do casamento pode ser uma decisão cansativa e delicada de se tomar. Principalmente quando se trata de um casamento à céu aberto, como na praia ou na fazenda, pois além de agradar a família e os convidados, existe ainda a preocupação com o mal tempo. Já sabemos que tradicionalmente o casamento na praia tem tudo a ver com o sol, termômetros estourando e o tão bem-vindo horário de verão, mas já pararam pra pensar nas vantagens em se casar no inverno?

Sim! É possível (e dependendo pra quem você pergunta, até recomendado) casar na praia durante o inverno. Cada estação tem seu brilho e seu lado positivo, e cada tipo de casal terá suas preferências, estilos e prioridades. Pensando nisso, redigimos esse post com a ideia de te convencer de que o inverno também combina com o casamento na praia (e que cabe a você decidir qual estação se encaixa melhor com o perfil do casal)!

Verão, a pedida clássica

espaco_para_evento7

Não há como negar que praia tem tudo a ver com verão: temperaturas elevadas, roupas leves, pés na areia fresquinha, flores por todos os lados (no verão, a incidência dos ventos fortes e constantes que poderiam danificar as flores é menor) e uma celebração que se estende e agrada família e convidados.

Gastronomia: O clima quente indica roupas leves, tanto para convidados quanto para os noivos. Já para a gastronomia, uma boa opção são os pratos mais leves, como frutos do mar, ceviche, tartar, bobó de camarão. Para a sobremesa ser caprichada, itens como verrines e frutas não podem faltar! Para a recepção dos convidados, vale a pena pensar em águas aromatizadas, canoa de água de coco, nuts, pipoca, entre outras gostosuras para petiscar na pré cerimônia.

Ah, vale lembrar que os casamentos na praia geralmente duram mais tempo (principalmente no verão), por este motivo é recomendado estender o cardápio do buffet para ajudar a manter a festa. Ilhas gastronômicas com o jantar ajudam muito, além de uma boa variedade de itens para o coquetel, uma ilha de tapas ou até mesmo de queijos e pães artesanais também podem ser uma boa pedida.

Decoração: Em alto verão, apostar em folhagens e flores tropicais é garantia que a decoração resista ao calor. E como a estação também influencia na escolha da paleta de cores, fica a indicação de tons mais vivos e alegres, com tons mais quentes como alaranjados, amarelos e pink. A disposição dos móveis, por sua vez, é influenciada pela temperatura, que por ser mais elevada, torna-se possível apostar em ambientes mais espaçados e abertos.

Então porque considerar o inverno?

United states, California, san luis obispo, Paso Robles


Não há sol, chuva ou frio que consiga estragar o amor, a união e o carinho de uma celebração de casamento, seja onde for. Mesmo assim deve-se levar em conta que dezembro e janeiro, em geral, representam o período mais chuvoso do ano, e portanto são desaconselháveis para um casamento na praia (ou a céu aberto, em geral).

Além disso, a alta temporada traz consigo problemas intrínsecos, como uma maior dificuldade de logística (trânsito, escassez e encarecimento da hotelaria, etc), o calor muitas vezes acima do considerado agradável, e uma maior demanda para eventos como casamento.

Agora, se pararmos para pensar no inverno: as chances de chuva são bem menores (embora vente mais, principalmente entre julho e agosto – cuidado com as flores!), as temperaturas são mais amenas, a iluminação natural é perfeitamente balanceada e os valores do evento em geral, mais em conta.

Gastronomia: Embutidos de queijo podem ser boas pedidas para a entrada, mas também é possível incluir coquetéis mais temperados, caldos e fondues. Já para os pratos principais, gratinados, risotos, carnes, massas recheadas e risotos são apostas certeiras, além de continuar o capricho nos peixes e frutos do mar em geral 🙂

No inverno, a experiência diz que os convidados sentem mais fome. E para beber, os vinhos tintos são os queridinhos do tempo frio, ok?

Decoração: No inverno, como já falamos, a incidência dos ventos é mais forte. Isso, somado às temperaturas menores, pode queimar e danificar as folhas e flores. O clima mais frio sugere folhagens mais resistentes, como samambaias. A utilização de velas e móveis mais próximos também pode ser uma boa ideia, para criar ambientes mais aconchegantes e intimistas (além de quentinhos).

Dicas Gerais


Com tantos prós e contras para ambas estações, cabe apenas ao casal avaliar suas prioridades e escolher a estação que mais combina com os dois. Então, feita essa escolha, separamos algumas dicas gerais para se levar em conta:

  • Os meses entre fevereiro e junho são boas pedidas, pois geralmente as intensas e poderosas chuvas de verão já cessaram, e os ventos de inverno ainda não se iniciaram. Já no segundo semestre, o período recomendado está entre setembro e novembro, pelos mesmos motivos.
  • Não se esqueça de considerar o horário do pôr-do-sol para marcar a cerimônia (e de levar em conta o horário de verão!). Um bom horário seria as 15h30 (ou 16h30 com horário de verão).
  • Para a música, considere a música ao vivo. Uma opção é voz e violão, com continuidade de um bom DJ. Bandas de pop rock e tantas outras de pocket show tem feito bastante sucesso nas festas. O estilo do casal é um importante influenciador, mas vale a pena levar em conta diferentes estilos musicais para atender aos diferentes convidados!
  • Quanto ao vestido, a escolha é absolutamente pessoal e vai de encontro diretamente com o perfil da noiva. Porém, como regra geral, as noivas utilizam vestidos mais leves na praia. Caso o casamento na praia seja no inverno, é interessante avaliar a possibilidade de se utilizar uma echarpe (ficará chiquérrimo!).

Então mãos a obra, seja no período do inverno ou do verão, pois o que vale é a união, as alegrias a serem compartilhadas e principalmente a emoção de dizer: “Sim, eu te amo e quero sim passar a minha vida com você”. Curta a beleza das flores, as cores, a brisa do mar, a leveza do céu e do sol a encantar você, seu amor e seus convidados!

Ah, e após escolher a melhor estação para o casal, não deixe de conferir nosso post com 10 dicas indispensáveis para o casamento na praia ser perfeito, ok? Separamos este material com carinho para te ajudar a concretizar o casamento na praia dos sonhos!


O buffet Saint Morit’s conta com muitas décadas de experiência e pode te ajudar a planejar o cardápio perfeito para o cenário escolhido e perfil dos convidados. Entre em contato, sem compromisso, e saiba como podemos ajudar 🙂


Sem comentários

Postar um comentário